Central de Atendimento
Guarulhos: (11)4965-1203 / 2468-2737 / 2468-8144
São Paulo: (11)3062-3165 / 3062-5137

Tratamento - Transtorno Obsessivo Compulsivo


 O transtorno obsessivo-compulsivo (também conhecido como TOC) é um transtorno de ansiedade caracterizado por pensamentos obsessivos, que são pensamentos desagradáveis, que surgem na mente espontaneamente, contra a vontade do paciente, geralmente envolvendo alguma ameaça (por exemplo, pensamentos relacionados  ao adoecimento ou morte do paciente ou de algum familiar) e por atos compulsivos, que são realizados pelo paciente como uma maneira de aliviar a ansiedade causada pelos pensamentos obsessivos.

Alguns pensamentos obsessivos e os atos compulsivos podem apresentar uma ligação aparentemente lógica, como, por exemplo, ter medo de contrair alguma doença e lavar as mãos exageradamente ou achar que uma porta foi deixada aberta e verificar repetidas vezes se está trancada; entretanto, isto não ocorre com todos os pacientes, nem todo o tempo. Por vezes, pensamentos  aterrorizadores, como achar que um desastre pode acontecer a um parente, podem levar os pacientes a contar objetos (como o número de carros que uma determinada cor que passam em seu trajeto) para neutralizá-los.

Outros comportamentos repetitivos, como arrumar sempre os objetos da mesma maneira e apresentar ansiedade quando estão desarrumados, contar diversos eventos ou acumular objetos são também sintomas do Transtorno Obsessivo- Compulsivo.

Muitos destes comportamentos estão presentes na população geral, como lavar as mãos depois de tocar em algo sujo, ou pensar que uma porta foi deixada aberta e voltar para verificá-la. Torna-se necessário, portanto, estabelecer alguns limites para diferenciar um comportamento normal de algo que poderia ser considerado uma doença.

Para que um indivíduo seja diagnosticado como portador de TOC, é necessário que os pensamentos obsessivos e as compulsões consumam boa parte de seu dia. Além disto, os rituais compulsivos não devem causar prazer, nem levar à realização de tarefas úteis por si mesmas.

Assim como em outros transtornos mentais, as causas do Transtorno Obsessivo- Compulsivo são múltiplas e envolvem alterações bioquímicas (neurotransmissores), genéticas e ambientais.

O tratamento do TOC é feito com uma combinação de medicamentos antidepressivos e ansiolíticos, podendo ser utilizados medicamentos de outras classes para potencializar o efeito dos primeiros. Além do tratamento com remédios, um tipo de psicoterapia, a Terapia Cognitivo Comportamental, vem sendo utilizada com bastante sucesso no tratamento deste transtorno.

Fonte: ABP



Dra Katia Kaori Yoza - Todos os Direitos Reservados
BY AG Virtual